Ajudas técnicas – mais autonomia, mais qualidade

15 de agosto – Dia Internacional do Reiki
14/08/2017
Entrevista Luciana Aguiar – Terapeuta Ocupacional
12/09/2017

Ajudas técnicas – mais autonomia, mais qualidade

As Ajudas Técnicas são materiais, equipamentos, sistemas que servem para compensar a deficiência ou atenuar-lhe as consequências, impedir o agravamento da situação clínica da pessoa e permitir o exercício das atividades quotidianas e a participação na sua vida escolar, profissional, cultural e social.

Podem ser utensílios simples – Ajudas Técnicas simples, sem grande complexidade, ou ser Ajudas Técnicas complexas envolvendo alta tecnologia, nomeadamente electrónica, informática ou telemática.

Exemplos de Ajudas Técnicas são:

– Cadeiras de rodas, andarilhos, canadianas;
– Almofadas anti-escaras, colchões ortopédicos, camas articuladas;
– Materiais e equipamentos para a alimentação (garfos, colheres, pratos, copos adaptados);
– Equipamentos para o vestuário (pinças, ganchos, luvas de protecção, vestuário apropriado);
– Ajudas para a higiene (barras de apoio, assentos de banheira, cadeiras e bancos para o banho, banheiras, material anti-derrapante),
– Auxiliares para a comunicação (canetas adaptadas, computadores, tabelas de comunicação, dispositivos para virar folhas, amplificadores de som, telefones),
– Adaptações para os carros (assentos e almofadas especiais, adaptações personalizadas para entrar e sair do carro, adaptações para os comandos do carro);
– Elevadores de transferência;
– Próteses (sistemas que substituem partes do corpo ausentes);
– Ortóteses (sistemas de correção e posicionamento do corpo).

As Ajudas Técnicas destinam-se às pessoas com deficiência, aos idosos ou pessoas que necessitam de as utilizar de forma temporária ou definitiva e são meios indispensáveis ao bem-estar, autonomia, integração e qualidade de vida destas mesmas pessoas.

Servem para a pessoa posicionar-se correctamente, estabilizar o corpo ou partes do corpo; prevenir e evitar deformidades; facilitar e desencadear o movimento e a realização de tarefas de forma segura; funcionar com menos esforço, dispêndio de energia, com menos dor e maior comodidade.

São colocadas ou utilizadas pelo próprio ou com a ajuda de terceiros (técnicos, familiares) para que a pessoa se torne mais independente e autónoma.

Escolher uma Ajuda Técnica é um processo que deve ser feito de uma forma cuidada, refletida e rigorosa. Estas devem ser seguras, resistentes, duráveis e esteticamente aceitáveis pelo próprio utilizador e familiares.

No Colibri dispomos de técnicos preparados para lhe propor a utilização de uma ajuda técnica e apoiar na escolha do produto mais adequado para si. Na nossa loja pode encontrar algumas das ajudas técnicas já disponíveis!