A Demência e o Natal – sugestões para uma época mais feliz

Entrevista Sílvia Palas – Naturopata e Terapeuta de Shiatsu e Reiki
21/11/2017
Dói-me o coração!
14/02/2018

A Demência e o Natal – sugestões para uma época mais feliz

O Natal é por excelência a festa da família.
Contudo, esta quadra festiva pode tornar-se muito complicada e stressante tanto para as pessoas com demência como para os seus cuidadores.
O Colibri, atento a estas dificuldades, elaborou uma lista de recomendações para que todos possam aproveitar os festejos de Natal em família (se possível) e de uma forma mais feliz.

1. Mantenha as suas tradições familiares

As pessoas com demência beneficiam de um ambiente estável e previsível que privilegie comportamentos automáticos e memórias repetidamente ensaiadas.

2. Seja flexível

Por um lado, tente manter algumas tradições. Por outro, não tenha medo de fazer alterações ao plano habitual se isso ajudar a aliviar a pressão.

3. Adapte o ambiente

É sempre emocionante e agradável decorar a casa com os enfeites típicos desta época natalícia. Contudo, verifique previamente o que pode desencadear confusão na pessoa com Demência e, se necessário, altere o ambiente. No Natal, os enfeites artificiais de mesa, que parecem reais, como frutas, doces e as luzes de Natal cintilantes, podem provocar alguma confusão.

4. Prepare-se e prepare os seus familiares

É fundamental que todos estejam preparados para as exigências destes dias que se avizinham. Previamente informe os familiares mais distantes para aquilo que poderão vir a observar (alterações comportamentais ou cognitivas que surgiram/pioraram desde a última vez que estiveram juntos), para que a sua reação não seja tão inesperada nem negativa.

5. Evite o ruído

Algumas pessoas com demência reagem mal à confusão e ao excesso de estimulação. Sempre que possível mantenha as suas rotinas habituais e certifique-se que existem ocasiões em que não está ativo e rodeado de barulho.

6. É importante ter períodos de descanso e tranquilidade

Assumir demasiadas tarefas ou tentar manter tradições antigas pode aumentar o sentimento de estar oprimido pelas exigências da ocasião. Tenha calma e providencie tempo e espaço durante o dia para descansar e ter momentos de sossego.

7. Recorde histórias e momentos passados

Pode passar agradáveis momentos com o seu familiar com demência, recordando histórias e momentos felizes do passado. Não pergunte «Lembra-se do que aconteceu há uns anos?», mas apenas conte a história e deixe o seu familiar fazer comentários.

8. Troca de presentes

Incentive a pessoa a participar na preparação e entrega dos presentes, de acordo com o seu interesse e capacidades. Em conjunto podem fazer biscoitos e colocá-los em pacotes, embrulhar os presentes e escrever os cartões.

9. Partilhe os cuidados

O cuidador tem que tentar relaxar e usufruir também das celebrações. Para o conseguir peça colaboração aos seus familiares e amigos na tarefa de cuidar e também na organização dos preparativos para a festa.

Estas são apenas algumas sugestões, mas na verdade o que realmente importa é que passem momentos agradáveis juntos, não importa o que será, desde que vos faça sorrir.